Visite nosso blog "gourmet": http://jwalkersgourmet.blogspot.com/

Hodômetro - quilometragem dos participantes

Participante
Distância percorrida
Alberto
639,4 km
Daniela
810,0 km
Jorge
784,4 km
Marcelo
858,2 km
Paulo
211,2 km
Yumi
145,6 km
(considerando somente os eventos listados neste blog)

domingo, 25 de julho de 2010

Northbrasil 2010 - Camping Casarão - Itu

Mais uma bela prova da NorthBrasil, com direito a trechos de mata, riachos, pasto e até atoleiros com lama até o joelho, em um belo dia de sol e em um lugar incrível para a prática do trekking: o Camping Casarão, em Itu.

Como já conhecíamos o Casarão de uma prova do Fun Trekking, dessa vez resolvemos reservar um chalé com churrasqueira, assim poderíamos queimar uma carninha e tomar umas cervejas. Infelizmente, o Jorge não  pôde nos acompanhar nessa, por problemas de saúde na família. Jorge, foi uma pena, mas não faltarão outras oportunidades para você pilotar a churrasqueira, conforme você prometeu!

Saímos de SP no sábado por volta das 11h30, sem os "pertences" para o churrasco, já que havíamos combinado de comprar tudo em Itu. Fizemos check-in no Casarão lá pelas 13h e deixamos as bagagens no chalé.

(Cabe aqui um parênteses: a negociação com o Casarão foi um pouco difícil porque, por ser época de férias escolares, a reserva só poderia ser feita para duas diárias. Como não poderíamos ir na sexta-feira à noite, propusemos pagar uma diária e meia e entrar no sábado ao meio-dia. Aí o chalé que queríamos não estava disponível, então reservamos o chalé 103 com o compromisso do Casarão de nos hospedar no 156, 129 ou 120, caso houvesse desistência. Ao chegarmos lá, o chalé 129 - nossa segunda opção - estava à nossa disposição! Excelente!)

Como a Daniela já havia feito uma pesquisa para escolher o melhor lugar para comprar as carnes, fomos direto para a loja dos Espetinhos Miau Mimi, de onde saímos com uns 5 kg de carne, frango, medalhões, coraçãozinho de frango e pão de alho (para três pessoas, já que o Jorge não estaria presente...). Só percebemos o tamanho do enrosco quando a moça nos entregou a "sacolinha" de carne! Quando saímos do Mimi, vimos que o vizinho era um empório com fachada da cervejaria Devassa. Alberto e Daniela entraram, e o resultado foi a foto a seguir:


Próxima escala, Carrefour, para comprar (mais) cervejas e vegetais "churrascáveis".

Acendemos a churrasqueira lá pelas 15h, mortos de fome. A churrasqueira apagou (sozinha, ninguém tinha condição de ir lá apagar) umas 22h30, quando estávamos quase estourando de comer... (só para registrar, não me convidem para churrasco por um mês, ok?)

No domingo, depois de uma noite bem mal dormida (devido à esbórnia do sábado, somado com os colchões um tanto desconfortáveis), largamos às 10h32.


A primeira parte da prova aconteceu nas ruas do próprio Casarão, entre os chalés. Bem tranquila, deu para esquentar.

A seguir, veio o trajeto conhecido como "rota do cocô", que leva até a entrada da gruta.


Seguimos em direção do "futebol de lama" (tinha um PC bem no meio do "campo") e entramos no riacho atravessando um atoleiro com lama até o meio da canela. Daí veio um "laço" que voltava para o riacho e então entramos na mata fechada que não conhecíamos. Essa trilha nos levou a oeste dos lagos do camping. Depois de outro grande laço, entramos pela trilha que leva ao "riacho escondido", onde ficamos perdidos na prova do Fun Trekking. Dessa vez, deu tudo certo, e estávamos indo surpreendentemente bem na prova. Essa trilha vai até uma pontezinha, mas a cruzamos por baixo, pelo rio. Ao voltar à trilha, chegamos ao neutro, e estávamos menos de um minuto atrasados!

  

Logo na saída do neutro, veio a pedra na nossa bota (no sentido figurado, claro, porque elas já estavam bem cheias de pedras!), o maledeto rally de bússola. Resolvemos sair mais cedo do neutro para fazer essa parte da prova com bastante calma... Tínhamos definido usar mais de uma bússola ao mesmo tempo, o que só piorou a situação. Partimos para a terceira bússola, para desempatar. Piorou ainda mais, porque cada uma apontava para um lado. Arre! Estávamos quase desistindo quando resolvemos pedir auxílio ao staff da NorthBrasil que nos deu uma mão e com isso elegemos uma bússola como a "menos errada". Claro que não podia dar certo, acabamos perdendo um PC e errando a ordem dos outros dois...

A sequência da prova trouxe os visuais mais bonitos da prova e mais dois PCs virtuais.


Zeramos três PCs na sequência (sendo um virtual), cruzamos a estrada do Casarão (onde tinha um  deslocamento de três minutos) e fomos para o meio do pasto. A descida do pasto nos conduziu às proximidades do camping e fomos margeando a cerca, pelo lado de fora. Caímos em um córrego onde o staff nos alertou da presença de abelhas, mas até que estava tranquilo. O que não foi tranquilo foi sair do córrego, porque ficamos de lama até o joelho, literalmente...

A trilha que saía do córrego levou até a gruta, olha só... Atravessamos por dentro da gruta e seguimos por uma trilha nova para a gente até a sede do camping para o final da prova, onde chegamos seis segundos adiantados!

Voltamos para o chalé e, bem, precisávamos almoçar... Como tinha carne sobrando, acendemos a churrasqueira de novo e acabamos com a carne e com a cerveja que sobrou de sábado. Desperdiçar comida é pecado!

Sobre a prova, posso dizer que a NorthBrasil conseguiu duas na sequência: foram duas provas excelentes, Hotel Villa Vitta e Camping Casarão. Duas provas com belas paisagens, com velocidades que permitiram apreciar essas paisagens, com dificuldade técnica e física bem balanceadas. Trechos de rios e mata fechada sempre são bem-vindos (em dias de sol, é claro). E ainda teve lama na medida certa!

Dessa vez, acertamos os PCs virtuais, fizemos 22 pontos na soma dos quatro PCs ao longo da prova! Mas precisamos urgentemente melhorar nosso rally de bússola, que foi o que (de novo) nos derrubou. Se não fosse aquele bendito PC 21, teríamos ficado entre os 10 primeiros. Alguém tem alguma dica?

Por fim, temos que agradecer ao pessoal do Camping Casarão que nos abriu exceção para uma diária e meia, colocou-nos num chalé melhor que o combinado e ainda não cobrou pela estadia do Jorge que não pôde ir!

(fotos no Picasa)

Distância: 8880 m
Tempo total: 2h 56min
Participantes: Alberto, Daniela e Marcelo.

Resultado:
1 - Nostravamos (464 pontos)
2 - Highway To Hell (894 pontos)
3 - Pé de Vento (1307 pontos)
...
17 - Johnnie's Walkers (2180 pontos)

Prato do dia: Soburô do churrasco de sábado.


Menções honrosas  ao Alberto, que pilotou muito bem a churrasqueira e à Eisenbahn Lust, descoberta pela Daniela no empório.

2 comentários:

  1. Caramba meu!
    Nao consigo ler todo o relato de vcs... já fico cansada na parte da commida...
    Vai ter uma prova aqui em Madrid...rsss e posso arrumar uma churrasqueira...

    ResponderExcluir
  2. Se precisar de um churrasqueiro... é só chamar!

    ResponderExcluir