Visite nosso blog "gourmet": http://jwalkersgourmet.blogspot.com/

Hodômetro - quilometragem dos participantes

Participante
Distância percorrida
Alberto
639,4 km
Daniela
810,0 km
Jorge
784,4 km
Marcelo
858,2 km
Paulo
211,2 km
Yumi
145,6 km
(considerando somente os eventos listados neste blog)

domingo, 16 de março de 2014

Northbrasil 2014 - Fazenda das Pedras

Fizemos um esquema diferente nessa prova. Daniela e Marcelo decidiram ir para Itu no sábado, enquanto Alberto, Yumi e Jorge foram apenas no domingo. Sem o restante da equipe, Marcelo tentou convencer Daniela a jantar em algum outro lugar que não fosse no Bar do Alemão. Resultado:

No domingo, Yumi, Alberto e Jorge chegaram no Camping das Pedras em torno das 9h40, com tempo suficiente para preparar a largada e ainda tomar um café. 

Nossa largada foi às 10h42, mais tarde que o normal.


Nos primeiros trechos, demos uma volta pelo camping, passamos pela portaria e subimos até o Restaurante das Pedras. Passamos a porteira perto do restaurante e seguimos margeando a cerca a oeste do camping, até a área das churrasqueiras.



Subimos a trilha no barranco e demos um passeio pela região do camping, passamos pelos pela "área amarela" e, ao seguir aos 199°, passamos do lado da largada!


Passamos perto da sede do camping e descemos para a direita, no sentido da área dos chalés de mensalistas (há muitos chalés à venda, para quem se interessar), já no trecho 09. Passamos uma porteira e voltamos para a mesma região do trecho 04. Entramos por uma mata (impressionante como a região tem poucas matas ultimamente) depois do PC 04. O trecho de mata foi curto, poderíamos ter ficado lá por mais tempo, porque o sol estava de matar. 


Seguimos por uma trilha ao lado de uma cerca até a referência que solicitava seguir a 78°. Nesse momento, deu branco no navegador, que desaprendeu a usar a bússola e fomos parar no lado oposto, do lado de um pequeno lago. Logo percebemos a burrada e consertamos, mas custou um atraso de 2 minutos. Toca chinelar!


Dali foi uma longa jornada até o lago a noroeste da sede do camping, que fica perto da porteira do pasto próximo à rodovia. Por conta do longo trecho em velocidade alta para recuperar o atraso, as meninas resolveram ficar à beira do lago para ver como as equipes o estavam atravessando (já sabíamos do tal lago...) e recuperar o fôlego. Seguimos em frente.

Entramos na região do pasto pelo oeste, passamos no charco próximo à rodovia (e já estávamos um pouco adiantados) e subimos em direção ao neutrinho, com direito a Red Bull (dessa vez, ao contrário da etapa anterior, Marcelo ficou a ver navios, já que não tinha mais a versão sem açúcar). Voltamos à porteira onde nos reunimos com o restante da equipe para a travessia do lago.


Fizemos tudo conforme o combinado: como a parte funda do lago chegava a 1,50 m de profundidade, Yumi, Daniela e Jorge, ficaram aguardando (não levamos snorkels), enquanto Alberto e Marcelo fizeram a travessia sem equipamentos.



O lago foi atravessado duas vezes, sendo que a segunda vez foi num ponto bem mais raso. Saímos do lago e seguimos escadaria acima até o neutro, onde tivemos todos os 14 minutos e 22 segundos de merecido descanso.



Na saída do neutro, demos a volta na piscina e passamos atrás dos apartamentos (o PC virtual 19 estava no apartamento exatamente ao lado do nosso).


Os passos não estavam batendo.

Dali, passamos novamente na "área amarela", subimos até a portaria e seguimos pela estrada de terra que segue leva à rodovia, até a primeira curva onde estava o PC virtual 21 (passamos com erro de 1,7% - nada mau).


Dali entramos para um longo pasto em descida que não conhecíamos. Havia uma equipe à nossa frente que nos atrapalhou um pouco.



Mais à frente, no neutro de 1 minuto, a equipe finalmente seguiu a sua trilha.

O caminho a seguir era longo, em virtual e em subida (pouco íngreme, mas bastante longa). As meninas ficaram para trás. Acabamos saindo no lago a sudeste da sede, abaixo da região de reflorestamento. Optamos por encarar um atraso mas preferimos nos reagrupar. As meninas optaram por abandonar a prova e voltaram para a sede por uma longa subida, nossa velha conhecida, que sai atrás do Restaurante das Pedras.


Entramos por uma trilha na mata e conseguimos tirar todo o atraso antes do próximo PC, que foi o 31 (passamos com 15 segundos de atraso). No final dessa trilha, encontramos novamente a tal equipe que nos precedia. Eles gritavam entre si e gesticulavam, claramente perdidos... Medimos OESTE e cuidamos para sair de perto deles o mais rápido possível!

Cruzamos o estacionamento externo ao camping e entramos novamente pela entrada principal (a tempo de encontrarmos as meninas que desciam pela estrada de terra que vem do Restaurante...) mas desta vez entramos à esquerda, para a pedra no nosso sapato: rally de bússola. Uma página e meia de bússola e dessa vez fizemos tudo (quase) certinho: até pegamos o PC 33 (confesso que bateu uma dúvida e por isso acabamos passando bastante atrasados). Dali para a chegada foi tranquilo, mas o atraso nos forçou a uma corridinha no final, só para alongar os músculos!

Apesar da boa pontuação, a posição final não foi lá essas coisas: prova tecnicamente fácil e muita equipe dá nisso. Esse ano tá osso.


Distância: 8524 m
Tempo total: 2h 34min
Participantes: Alberto, Daniela, Jorge, Marcelo e Yumi.

Resultado:
1 - A Cota (375 pontos)
2 - Falcão Azul com Pé na Tabua (447 pontos)
3 - Put a Keep Are You (486 pontos)
...
9 - Johnnie's Walkers (873 pontos - 26,5 pontos por PC)
...

Prato do dia: Almoço no Restaurante das Pedras. Já foi melhor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário