Visite nosso blog "gourmet": http://jwalkersgourmet.blogspot.com/

Hodômetro - quilometragem dos participantes

Participante
Distância percorrida
Alberto
639,4 km
Daniela
810,0 km
Jorge
784,4 km
Marcelo
858,2 km
Paulo
211,2 km
Yumi
145,6 km
(considerando somente os eventos listados neste blog)

domingo, 6 de novembro de 2011

Fun Trekking 2011 - Paranapiacaba

Provas em Paranapiacaba são sempre interessantes e são sempre aguardadas ansiosamente por nós. Dessa vez não foi diferente.

A definição da estratégia foi mais difícil que o usual, porque a topografia do lugar não ajuda e precisou ser feita e refeita várias vezes em busca de uma rota que evitasse a subida de Taquarussu por mais de uma vez. Para complicar, a largada foi dada no Antigo Mercado de Paranapiacaba e a maioria dos PCs estava na Vila de Taquarussu e arredores. Poucos caminhos sem rotas inválidas foram encontrados, mas todos eles tinham poucos PCs e nenhum permitia a passagem em todos os PCs obrigatórios. Os "portais" também foram um desafio à parte na elaboração da estratégia.

Optamos por uma rota traçada pela Daniela, que ignorava os portais 6 e 30 que, apesar de serem decisivos na prova, eram muito arriscados por estarem abertos por apenas 3 minutos. Por outro lado, deixava de passar somente no PC 18, de todos os PCs da Vila de Taquarussu.

Jorge chegou em Santo André em torno das 7h45 (quando a prova é em Paranapiacaba, a rota é diferente...), sem o Alberto que estava offline (a balada foi forte...). Tomamos café reforçado na Padaria Bella Vitória, conforme recomendação do briefing da etapa.

Chegamos em Paranapiacaba perto das 9h30 e já tinha neblina. O diretor da prova reuniu as equipes imediatamente antes da largada para a foto oficial do campeonato de 2011.


Fomos informados de algumas modificações nos PCs obrigatórios, mas nada que alterasse nossa estratégia. Largamos às 10h21 em direção ao PC 33. Em seguida, fomos para o PC 26, obrigatório. Entretanto, antes mesmo de chegarmos à trilha que levava aos PCs 25 a 30, um comboio de jipes fez esse trecho da prova ficar perigoso: aquela trilha é muito difícil para jipes e o comboio resolveu fazer meia volta na trilha estreita. Perfeito.


O PC 26 estava numa trilha lateral e deu algum trabalho. A equipe Laranja Mecânica tinha uma estratégia parecida com a nossa e estávamos meio embolados nessa parte.

Depois, fomos para o PC 28. A vista da Vila de Taquarussu estava bonita.


Fizemos uma rota inválida para o PC 25, que seria nosso ponto de partida para Taquarussu (passamos no tempo "redondo" para facilitar a conta!). O PC 23, na descida para Taquarussu, estava escondido e perdemos algum tempo. Pegamos o PC 19, temporal, na beira do lago.


O próximo PC da lista estava na cachoeira.


 Depois, fomos para o PC 21, numa estrada que não nos traz boas recordações...


Pegamos o PC 12, à beira do lago, e fomos para o PC 16, numa trilha bonita e inédita para nós.


Passamos no PC 20, que estava no coreto. A prova no PC consistia em acertar o significado de três palavras muito estranhas. Acertamos duas, na base do chute. Valeram os 6000 pontos!

Como fizemos a prova bem rápido, chegamos 5 minutos adiantados no PC 17. Aproveitamos para encontrar o PC 18, que estava difícil de achar... Se não fosse o GPS...

Descemos para o PC 13, que estava bem escondido também. Passamos perto dele 4 vezes e mesmo assim só o vimos na quinta vez... Voltamos para o 18 e, como chegamos adiantados, ficamos esperando, mas sem denunciar a posição do PC...


Não encontrou? Essa era a ideia... Tenta nessa:


Começamos a parte dura da prova, a subida de Taquarussu. Quando chegamos próximo ao PC 10, resolvemos subir por uma trilha que Marcelo conhecia, e que levava para o PC 09. Essa trilha não estava no mapa divulgado, mas mesmo assim resolvemos arriscar. Era uma trilha escorregadia e, como é pouco usada, estava meio fechada. Subimos rápido, mas quase nos arrependemos. Jorge teve que ir sozinho no PC, porque as pernas pesavam uns 100 kg cada uma.

Conseguimos chegar no PC 27 e, por alguma razão, chegamos lá muito rápido: ficamos 5 minutos esperando e nos protegendo das motos que passavam na trilha a toda velocidade. Continuamos pela trilha até o PC 29.

Voltamos para a estrada principal, iniciando a rota de chegada. Pegamos o PC 31 e fizemos rota inválida para o 32, no qual havia uma prova que consistia em desenhar ditos populares. É ponto pacífico que "fazer vaquinha", "rasgar seda" e "jurar de pés juntos" são ditos quase impossíveis de serem desenhados. E olha que acertamos "trocar os pés pelas mãos"...

Como só 12 equipes largaram, valia a pena esperar a janela do PC 34 e fazer a rota inválida para ele. Aguardamos.


O retorno para Paranapiacaba foi tenso. Como o tempo da rota 34-99 era menor que da rota 0-33 e havia somente um minuto de folga para bipar a chegada, voltamos acelerados. Para ajudar, a neblina veio com força.



Achei que alguém havia dito que não haveria neblina...

Chegamos com 2 minutos de folga! Foi só esperar o momento certo para bipar.


Como já foi dito, Paranapiacaba é sempre interessante e dessa vez não foi diferente. Fizemos uma prova dentro de nossas limitações, sem correr, fazendo nossa estratégia ipsis litteris. Em alguns momentos, Daniela ficava para trás, principalmente em rotas que voltavam para o mesmo ponto, para poupar fôlego. Apesar das 4 horas de prova, chegamos inteiros no final. Nossa estratégia de privilegiar a quantidade de PCs em Taquarussu foi boa, mas os portais 6 e/ou 30 fizeram diferença. A equipe que venceu fez o trecho da largada para o PC 32 em 13 minutos (a rota 0-33 tinha 31 minutos) e pegou 2 PCs a mais que nós, incluindo o 30. Poderíamos ter ficado em segundo lugar, mas o terceiro foi uma posição excelente!



Distância: 13348 m (GPS - corrigido)
Tempo total: 3h 59min

Participantes: Daniela, Jorge e Marcelo (Alberto estava offline).

Resultado:
1 - Bulldog (61310 pontos)
2 - Bora Bora (52206 pontos)
3 - Johnnie's Walkers (51615 pontos)
...

Prato do dia: Hamburgueres do The Burger Map. Comida excelente, ótima música, bom atendimento e preço alto, mas valeu cada centavo!



Nenhum comentário:

Postar um comentário